A Conquista da Liberdade-Liberdade Material

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

hilarion
Caros Irmãos e Amigos:

Na incessante busca pela liberdade o ser humano se armazena de todo um cabedal de razões que justifiquem a sua ânsia, menosprezando as mínimas regras de conduta porquanto ele age apenas no físico, visando ao material.

A Terra se encontra em estado calamitoso, demanda  da urgência no melhor aproveitamento da Vida humana que é, hoje, restrito ao critério errôneo do Homem, de que ser livre é ter o máximo que ele possa conquistar para usufruir os prazeres e a vida, sem limites e sem peias. Não Ihe importa que, para satisfação própria e na ânsia de ser livre se transforme em "escravo".

Meus irmãos, a conquista da liberdade físico-material gera um caudal imenso de infrações bem graves para quem a realiza e para com os seus semelhantes. Muitos homens: que enveredaram pelo rumo do poder tornaram-se verdadeiros "déspotas", calcando a seus pés os mais humildes roubando, matando, iludindo, ferindo e desprezando!

A conquista da glória foi para outros o resultado de bajulações sem fim, intrigas, maledicências e até mesmo de aviltamento de conduta. O poder da riqueza gera a cobiça cada vez maior e muitos homens para atingirem o seu fim usam de falcatruas, enganam os menos avisados, fazem negociatas sempre em seu próprio bem, não importando que tão abjetas práticas atinjam os humildes, os menos favorecidos, que só desejam viver em paz com relativo conforto e com o necessário para a sua sustentação.

A liberdade, Meus amigos, é algo bem mais profundo quando a vemos pelos ditames Divinos. Ser livre sem Deus é cativeiro dos mais pesados. Essa falsa liberdade onera seus detentores de pesados resgates cármicos, onerando maiores débitos e, portanto, requerendo novas reencarnações difíceis de serem conseguidas.

O tempo urge para o resgate das dívidas cármicas; portanto, entreguem o direcionamento de suas vidas ao seu Divino Ser, à Centelha Divina que existe em seus corações. Reformulem seus conceitos e comportamento enquanto ainda podem. Lutem por suas vidas com denodo, coragem, mas sobretudo com o respeito devido ao Pai Divino e ao seu semelhante.

Conscientizem-se de que a liberdade físico-material não é a verdadeira liberdade preconizada pelo Nosso Pai e sobre a qual falarei em Nossas mensagens vindouras.

Procurem, sempre, pautar suas ações, pensamento e sentimentos de acordo com as Leis Divinas.

Sempre com Amor, o amigo

HILARION

0 comentários:

Enviar um comentário

 
*AO ENCONTRO DA ALMA* | by TNB ©2010