Final de Ciclo

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

hilarion
 A Conquista da Liberdade

Irmãos muito amados:

Todos aqueles que repararem à sua volta e em todos os mais longínquos rincões da Terra constatarão que acontecimentos, os mais dolorosos e sofridos, se sucedem causando destruição e morte.

Muitos se indagam do "porque" de tão infaustos fatos e não têm como solucionar o questionamento. Outros, com maior vivência, pressentem a origem, as causas determinantes, porém nada ou quase nada fazem para minorar as consequências que disto tudo advirão.

Meus amigos, estamos em um final de ciclo cósmico deste maravilhoso planeta que, a duras penas, hospeda um exagerado número de habitantes cada vez mais recalcitrantes no erro e que, além de fazerem de suas vidas um caudal de crimes, agridem, destroem, poluem e dizimam as dádivas que a Mãe Terra Ihes proporciona para que se sentissem mais felizes e contentes e o amor puro tocasse o íntimo de cada um.

Mas, não! De que valem a beleza das matas, a água cristalina, o ar puro, a dadivosa terra para a colheita, enfim, todo o encanto que a Natureza Ihes oferece?

A época que se atravessa neste Planeta é a de reformulação de ações destruidoras em conservadoras para que haja menos sofrimento num futuro que não está muito remoto. Para ajudá-Ios é que procuro abrir uma brecha em seus conceitos errôneos de bem viver, trazendo-Ihes algumas mensagens para direcioná-Ios à conquista da liberdade.

Não me refiro à liberdade física porque esta, na realidade, não existe, nunca existiu e nem existirá, pois todo ser humano depende um do outro, de uma ou de outra forma, para a sua sustentação, como também depende dos vegetais, minerais e até dos animais.

A liberdade a que Me refiro é a liberdade plena, absoluta, de cada ser humano em particular, tornando-o à verdadeira imagem e semelhança do Seu Criador, reeducando-se interiormente para a própria redenção, vivenciando as Virtudes Divinas e direcionando suas vidas para o caminho da Realidade Divina do homem.

Nas mensagens anteriores, citei algumas das maiores falhas no comportamento humano que geram grandes resgates (agora quase impossíveis pela premência da situação de final de século e começo de uma nova era: - a da LIBERDADE).

Continuarei, no decorrer das próximas mensagens, a indicar os erros e a maneira de transmutá-Ios para que a verdadeira liberdade inunde este Planeta tão hospitaleiro mas, também, muito desgastado pelas maldades de seus filhos.

Com o ardente desejo de que Minhas palavras encontrem receptividade em seus corações, o amigo de todas as horas.

HILARION

0 comentários:

Enviar um comentário

 
*AO ENCONTRO DA ALMA* | by TNB ©2010